Economia

Acomac/MT, Ipen-MT e Sedec-MT assinam Termo de Cooperação

O acordo visa combater a comercialização de fios e cabos irregulares

O presidente da Associação dos Comerciantes de Materiais de Construção de Mato Grosso (Acomac/MT), Fabio Sbeghen, juntamente com o presidente do Instituto de Pesos e Medidas de Mato Grosso (Ipem-MT), Bento Bezerra e o secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, César Miranda assinaram um Termo de Cooperação Técnica a fim combater a comercialização de fios e cabos elétricos não regulados pelo Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro).

O presidente da Acomac/MT, destaca que a iniciativa é uma forma de proteger a sociedade e também os comerciantes do setor. “Nosso setor tem uma enxurrada de produtos com má qualidade e fora da norma padrão, e muitas vezes a olho nu é impossível detectar o que é regular e o que não é. Então essa é uma medida que a Acomac/MT encontrou deixar mais seguro o processo de compra de fios, cabos e condutores elétricos”.

Segundo o Termo de Cooperação, o comerciante que tiver dúvida sobre a procedência dos materiais pode entrar em contato com a Acomac/MT, sem correr risco de ser penalizado por portar material de procedência irregular.


“Assim que recebermos a amostra, damos entrada junto ao Ipem-MT, que realizará os testes para comprovar se o material segue as normas, conforme Portarias INMETRO 589/2011, 640/2011 e ABNT- NBR NM 280/2011. Caso não esteja, o comerciante será avisado e notificaremos a indústria que produziu e vendeu o produto”, comentou Sbeghen.

O Ipen-MT realizará os ensaios de resistência elétrica e exame formal de verificação das inscrições obrigatórias necessárias na embalagem, com emissão de Laudo Técnico, de acordo com regulamento Inmetro e Norma Brasileira Correlatas.

Leia Também

Comentários