Política

Blogueira assume vaga de Paccola e valida cassação: “decisão correta”

A blogueira e empresária Maysa Leão (Republicanos) tomou posse no lugar do vereador cassado Marcos Paccola, em sessão realizada na manhã desta terça-feira (11), na Câmara de Cuiabá. Em sua primeira fala em plenário como vereadora titular, Maysa afirmou que a Casa tomou a decisão correta ao decretar a perda de mandato do colega parlamentar.

“A Câmara fez certo ao afastá-lo para que possamos olhar o coletivo e que isso seja analisado individualmente pela Justiça. O Paccola não foi aqui condenado por homicídio. Foi cassado politicamente. Ele tem direito de lutar para retornar, mas a Casa fez aquilo que a população esperava. A gente tem que olhar para o coletivo e parar de debater um assunto individual”, disse.

Paccola foi cassado por quebra de decoro parlamentar, por ter atirado e matado o agente socioeducativo, Alexandre Miyagawa de Barros, de 41 anos, no dia 1º de julho deste ano, no bairro Quilombo, na Capital. Ele efetuou três tiros pelas costas da vítima.


Paccola protocolou um mandado de segurança com pedido de liminar na Justiça de Mato Grosso, para anular o processo de cassação de seu mandato na última sexta-feira (7), pelo advogado Rodrigo Cyrineu. No entanto, ontem, o Judiciário deu cinco dias para a Câmara e a prefeitura de Cuiabá explicarem como transcorreu o processo dentro do parlamento.

O placar da cassação foi de 13 votos a cinco, além de três abstenções. A Justiça já retirou o porte de arma de Marcos Paccola depois do homicídio, numa representação do Ministério Público Estadual que pedia a prisão do vereador.

Leia Também