Agronegócio

Carne bovina é destaque nas exportações de proteína animal em agosto

As exportações de carne bovina fresca, refrigerada ou congelada do Brasil registraram crescimento em agosto de 2021. Foram embarcadas 181,605 mil toneladas, um avanço de 11,2% em relação as 163,220 mil vendidas em mesmo mês do ano passado. Os dados prévios são da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) e foram divulgados pelo Ministério da Economia nesta quarta, 1.

A média diária dos embarques de carne bovina produto cresceu em agosto deste ano, totalizando 8,2 mil toneladas, ante 7,7 mil toneladas observadas em agosto de 2020. A valorização do dólar perante ao real também segue favorecendo o preço da tonelada da carne bovina brasileira. Foram US$ 163 por tonelada neste ano, contra US$ 76,2 por tonelada em agosto do ano passado.

Ainda segundo os dados prévios divulgados pelo governo, as vendas de carne de aves ao exterior cresceram em agosto. Com 351,137 mil toneladas, o Brasil aumentou em mais de 3% o volume das exportações de carne de aves.

Por outro lado, as exportações de carne suína apresentaram um decréscimo no volume comercializado. No mês passado, foram 81,601 mil toneladas negociadas com o mercado externo, contra 87,704 mil toneladas exportadas em agosto de 2020, uma queda superior a 6%. (Canal Rural)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Leia Também

Menu