Cidades

Colagem de folhas secas e plantio de árvores dão início a primavera

Para comemorar o dia da árvore (21 de setembro) e a chegada da primavera (22), crianças que participam dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) realizaram diversas atividades relativas a essas duas datas. Os usuários dos polos Costa Verde, 24 de Dezembro e Alameda apostaram nas cores que simbolizam a primavera e também fizeram a coleta de folhas secas de várias espécies o que resultou na criação de diversos painéis e a partir da visão de cada integrante.

Já as crianças do polo Jardim Esmeralda, além da colagem de folhas secas fizeram o plantio de árvores nativas na unidade onde as atividades são realizadas. Elas também tiveram a oportunidade de levar uma muda para ser plantada no quintal de casa. “Essa ação tem como propósito criar uma consciência a respeito da importância do meio ambiente, bem como incentivar a preservação das árvores e das florestas”, destacou a orientadora Renita Barros.

A coordenadora da Proteção Social Básica, Bernadete Miranda, disse que as atividades realizadas em todos os polos de abrangência dos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) dos bairros Santa Maria, Cristo Rei, Jardim Glória e São Mateus, realizam relevantes trabalhos e o mais importante, a interação social e comunitária. “O SCFV fortalece as relações familiares e comunitárias e promove a interação e a troca de experiência entre os participantes, valorizando o sentido da vida coletiva. Além de crianças e adolescentes, trabalhamos também com grupos de pais, mulheres e idosos”, explicou.


A secretária de Assistência Social, Ana Cristina Vieira, destaca a importância do trabalho realizado pelas orientadoras sociais, nos cuidados com todos os grupos que abrange o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, que é um dos pilares de conjunto de políticas públicas, criado para atender crianças e adolescente em situação de vulnerabilidade social.

Quanto aos trabalhos realizados pelas orientadoras, para comemorar o dia da árvore e a chegada da primavera, a gestora destaca como importante a atuação das servidoras no processo de aprendizado e orientações desse público infantil. “A primavera é a estação das flores e um momento propício para apreciar a natureza, assim como o dia da árvore um momento de reflexão quanto a importância da preservação do meio ambiente e de todas as espécies que atuam na melhoria da nossa qualidade de vida, aliada a prática de hábitos saudáveis”.

A gestora destaca ainda que as atividades realizadas – a exemplo de confecções de produtos a partir de materiais recicláveis, pinturas e colagens em painéis com folhas secas e o plantio de árvores nativas, frutíferas e ornamentais – é também uma forma de preservar o meio ambiente. “Além de divertidas, essas ideias despertam o interesse da criança sobre a importância do desenvolvimento sustentável, e esse tipo de ação educacional resulta em mudanças de ações e de comportamentos”, pontuou.

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

Leia Também