Cidades

Cuiabá monitora situação da Prainha

Da Redação

Após a execução dos primeiros trabalhos pontuais na rede de drenagem de águas pluviais da Avenida Ten. Cel. Duarte (Prainha), a Secretaria de Obras Pública realiza neste momento a etapa de monitoramentos do funcionamento do sistema existente na via. O processo faz parte do planejamento elaborado pela Prefeitura de Cuiabá para sanar o crônico problema de alagamento enfrentado na região a cada período chuvoso.

A Prainha é uma das avenidas de maior fluxo da cidade e tem recebido uma atenção especial do Município nesses meses de chuva. A avenida é um dos pontos de alagamento já mapeados pela Secretaria que, desde janeiro, tem atuado de forma preventiva para sanar a demanda e evitar novos transtornos aos milhares de condutores e pedestres que trafegam pelo local diariamente.

“Estamos fazendo todo o possível para cumprir a determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, que é a de solucionar essa situação enfrentada há mais 30 anos. Fizemos trabalhos pontuais e, agora, estamos monitorando a situação para definir os próximos passos”, explica o vice-prefeito e secretário de Obras Públicas, José Roberto Stopa.

Neste período, duas grandes intervenções já foram realizadas nos locais que, habitualmente, são os mais impactados pelos temporais que atingem a Capital nessa época do ano. Por dois fins de semana seguidos, o trecho situado entre a Avenida Getúlio Vargas e a Rua Ten. Thogo da Silva Pereira foi interditado e recebeu ações como desobstrução de todas bocas de lobo, construção de novas caixas de passagem e substituição de manilhas.

“Aproveitamos os fins de semana para atuar também nas vias que ligam à Prainha, como as avenidas Isaac Póvoas, Getúlio Vargas e outras. É um trabalho que precisa atender o sistema por completo. Não adianta fazer uma atuação completa na Prainha e não limpar as bocas de lobos dessas vias que estão interligadas”, pontua o secretário.

Leia Também

Menu