Cuiabá tem 21 mil servidores aptos a vacina

THALYTA AMARAL

Gazeta Digital

Em Cuiabá, apenas no sistema público de saúde, 21 mil profissionais trabalham na saúde e, portanto, estão aptos para receber a vacina contra a covid-19 já na primeira fase. No entanto, por causa do número restrito de doses enviado para o estado, a Prefeitura de Cuiabá irá limitar a imunização aos trabalhadores da saúde que atuam diretamente com risco de contaminação.

Segundo a secretária municipal de Saúde, Ozenira Félix, serão prioridade na vacinação que começa nesta quarta-feira (20) entre os profissionais de saúde os que trabalham em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) de covid-19 e que atendam na recepção e triagem de pacientes nos pronto atendimentos da Capital.

Em entrevista nesta terça-feira (19), a secretária informou que além dos profissionais da rede pública, a prefeitura realiza um levantamento para ter o número exato dos trabalhadores da saúde nos hospitais privados.

“Estamos fazendo o levantamento para ter o número exato. Não vamos conseguir imunizar a quantidade que queríamos, porque tudo depende da quantidade de doses”, explicou a secretária.

A partir da quarta-feira (20) será aberto o site para agendamento da vacina. As pessoas que se enquadram nos grupos prioritários irão preencher seus dados e receber uma senha com o dia e horário que deve ir ao Centro de Eventos Pantanal para receber a 1ª dose.

“Não adianta ir nas nossas unidades de saúde, porque nessa primeira etapa vamos fazer a vacinação centralizada. No segundo momento iremos para as regionais e em um terceiro momento para as unidades de saúde. Pedimos para a população nos entender”, argumentou Ozenira.