Cidades
Nenhum comentário

Defesa Civil alerta para tempo seco em Cuiabá

Depois de 88 dias, Cuiabá registrou na madrugada da última quinta-feira (9), as primeiras chuvas. No pluviômetro da Defesa Civil foi registrado 10mm de precipitação enquanto em outros três pontos da cidade monitorados pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), na Prefeitura de Cuiabá, e nos bairros Cohab e Liberdade, foram registrados respectivamente, 9 mm, 10mm e 43 mm. A Defesa Civil, entretanto, alerta a população para que continue mantendo os cuidados. Isso porque a previsão é de que nos próximos dias, o calor deve voltar com força.

Além de combater os incêndios em vegetação em apoio ao Corpo de Bombeiros Militar, uma das ações da Defesa Civil neste período é manter a população informada e em estado de alerta.

De acordo com o diretor da Defesa Civil Municipal, José Pedro Ferraz Zanetti isso é importante diante do comportamento extremo do clima nesta temporada de estiagem. Para se ter uma ideia, de acordo com o Inmet, a mais alta temperatura registrada este ano na cidade, foi de 43.7ºC, no dia 30 de agosto. Em relação as chuvas, a última registrada foi no dia 11 de junho, sem falar na baixa umidade relativa do ar que já chegou a 13%, em 13 de julho e os dias de altas temperaturas estão longe de acabar, a previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), é de que os termômetros cheguem até domingo, aos 41º C.

“Os agentes de Defesa Civil atuam em ações preventivas, de socorro, assistenciais e reconstrutivas, visando evitar ou minimizar os desastres e seus impactos para a população. Tanto em ações de combate aos incêndios florestais, chuvas intensas, desastres ou temperaturas elevadas e baixa umidade relativa do ar, nosso objetivo é reduzir os riscos para a população”, destacou José Pedro Zanetti.

O diretor lembrou outra ação importante realizada pela Defesa Civil durante todo o ano, o monitoramento do Rio Cuiabá e fez uma orientação à população. “Apesar de não termos registros ainda de uma situação crítica em relação a cota do Rio Cuiabá, devemos adotar medidas de economia em relação ao uso da água diante da estiagem forte que estamos observando este ano”, explicou José Pedro Zanetti.

Alertas

José Pedro Zanetti explicou que a nível local, a Defesa Civil replica os alertas emitidos pelo órgão nacional. O sistema de alerta funciona por meio do SMS e as mensagens de texto não necessitam de conexão com a internet. Para se cadastrar basta enviar uma mensagem para o número 40199 com o CEP da sua residência ou região de interesse. Esse serviço é gratuito. “É importante que a população seja informada para que possa tomar as providencias necessárias”, disse o diretor.

Localmente, a Defesa Civil de Cuiabá ainda disponibiliza um atendimento ativo, por meio do número de WhatsApp, (65) 99310 8810, para o recebimento de denúncias em casos queimadas urbanas, invasões de áreas de risco, crimes ambientais e outras situações de risco. O serviço funcionará 24 horas por dia e os atendimentos das demandas, durante a semana, em horário comercial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Leia Também

Menu