Policial

Desvio de verba da União para covid aos estados ultrapassa R$300 milhões

Um levantamento da Controladoria-Geral da União aponta que o desvio de verbas repassadas a estados e municípios para combater a Covid-19 pode somar R$ 300 milhões. Segundo o ministro da CGU, Wagner Rosário, as investigações mostram “fortes indícios de corrupção” e “mau uso de recursos públicos”. As informações são da CNN.

– Em 2020 e 2021, o prejuízo potencial total [que decorre dos desdobramentos das investigações] em função dos desvios [em várias áreas] chega a mais de R$ 753 milhões. Desse valor, R$ 299,6 milhões foram desviados de recursos para o combate à Covid repassados a estados e municípios – detalhou Wagner Rosário.

De acordo com ele, o acompanhamento da aplicação dos recursos foi feito quase que simultaneamente à realização dos gastos. O objetivo era “evitar todo e qualquer tipo de desperdício”, o que, segundo Rosário, “não foi possível”. A quantidade analisada pelas operações é de R$ 4,1 bilhões.

Durante o ano de 2020, observou-se ainda um aumento de operações no combate à corrupção no Brasil, chegando ao maior número da série histórica desde 2003. Ao todo, foram 97 operações, sendo 47 delas voltadas para os recursos destinados à Covid-19. Em 2021, por sua vez, foram realizadas mais 57 operações, sendo 31 delas relacionadas à verba contra a pandemia.

Ainda de acordo com a CNN, as ações foram realizadas pela CGU com o apoio da Polícia Federal, de ministérios públicos e demais órgãos. A maior parte delas concentrou-se em estados e municípios e visaram desarticular organizações criminosas especializadas em desviar recursos públicos. As operações ocorreram em BA, MT, MA, ES, SP, RN, CE, PA, PB, AL, SE, PI, AC, GO, MG, AM, RJ, RR, TO, RO, PE, AP, RS e DF.

Leia Também

Menu