Política

Dono de cartório e vereadores lideram para Câmara de VG, diz Gazeta Dados

Nenê tem despontado em todas pesquisas divuilgadas

LÁZARO THOR


A Gazeta

O primo do presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), Nenê do Cartório (Republicanos), lidera as intenções de votos para vereador em Várzea Grande, de acordo com a  pesquisa Gazeta Dados. Conhecido como Nenê, Hermes Gonçalo Ferreira foi citado por 3,77% dos entrevistados na modalidade espontânea.

Nenê está a frente de Pedrinho (DEM), o Pedro Paulo Tolares, que atualmente tenta a reeleição para a Câmara de Várzea Grande. Pedrinho, que é aliado da prefeita Lucimar Campos (DEM), possui 2,95% das intenções de voto. Um pouco a frente de Wilson da Manga (PL), o Wilson Soares de Silva, que tem 2,13% das intenções de votos.

Jânio Calistro (DEM), que em 2016 foi o candidato mais votado com 3.658 votos, tem 1,15% das intenções de voto. Em 2020, Jânio foi preso durante a operação ‘Cleanup’. Na ocasião, ele foi apontado como suspeito de fazer parte de um grupo de traficantes que atuava na cidade.

No total, 39% das pessoas entrevistadas não souberam ou não responderam em que vereadores votariam. O número de brancos e nulos foi de 0,66%. São eleitos, a cada quatro anos, 26 vereadores para a Câmara de Várzea Grande.

Em 2016, o DEM foi o partido que mais conseguiu cadeiras na Câmara, com 5 vereadores eleitos. Este ano a predominância do partido de Lucimar Campos (DEM), atual prefeita, e do seu marido, Jayme Campos (DEM), também permanece, com nomes que lideram a pesquisa como Jânio Calistro, Pedrinho e Fabinho, este último atual presidente do legislativo varzea-grandense.

Esta modalidade da pesquisa é chamada de espontânea. Neste caso, o entrevistado fala em quem votaria sem ouvir uma lista de candidatos do entrevistador.

GAZETA-DADOS-CAMARAVG.jpg

Leia Também