Policial

Dupla é presa por torturar e fazer usuário de drogas refém

A Polícia Civil identificou e prendeu em flagrante, neste final de semana, dois suspeitos de torturar e manter em cárcere privado um usuário de drogas em Rondonópolis. A ação foi realizada pela Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa com apoio da 1ª Delegacia de Rondonópolis.

Na manhã de sábado (20), um homem de 46 anos de idade e usuário de drogas, compareceu na 1ª Delegacia e relatou que foi vítima de atos de tortura a mando de membros de uma facção criminosa após ser abordado pelos suspeitos no centro da cidade.

Ele detalhou que permaneceu encarcerado em uma residência, localizada na área central de Rondonópolis, com as pernas amarradas e que foi agredido fisicamente com pauladas e ainda ameaçado durante toda noite com uma faca.


A vítima relatou que seria morta pelos agressores, mas aproveitou um momento em que os agressores saíram do local e ficou apenas uma mulher e conseguiu escapar do cativeiro acionando a Polícia Civil imediatamente.

Com base nas informações passadas, os investigadores conseguiram identificar a residência no Centro da cidade e localizaram os agressores R.M.S.K, de 19 anos, e T.S.D.S, de 25 anos. Ambos foram autuados em flagrante pelos crimes de tortura e cárcere privado. A investigação prossegue para localizar outros envolvidos nos crimes.

Leia Também

Comentários