Emanuel decide parar de responder Mauro: “mostra imaturidade”

0
5

Prefeito afirma que democrata está fazendo de tudo para tirá-lo do Palácio Alencastro

Da Redação

O prefeito de Cuiabá e candidato à reeleição, Emanuel Pinheiro (MDB), durante entrevista coletiva virtual nesta quarta-feira (23), disse que não vai mais responder as criticas do governador Mauro Mendes (DEM). No entanto, acabou alfinetando o chefe do executivo ao comentar que as farpas direcionadas pelo democrata só acontecem por causa da campanha eleitoral.

“Eu não queria responder mais o governador. É tão infrutífero e mostra imaturidade”, disse.

Ocorre que Emanuel foi questionado sobre uma declaração de Mauro Mendes feita nesta terça-feira (22), que também era uma resposta à Emanuel, que havia dito que Mauro teria ficado pequeno por ser vaiado em Sinop, durante visita do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“Apequenar é meter dinheiro no bolso do paletó e ter coragem de pedir voto para população”, disse Mauro, após anúncio da volta do pagamento ao funcionalismo público no último dia do mês.

Segundo o prefeito, as críticas do governador tem como pano de fundo o processo eleitoral, já que Mauro declarou que um dos seu objetivos na campanha é retirá-lo do Palácio Alencastro. “É obvio que é por causa da eleição. Tem tanta coisa para melhorar em Cuiabá.  Pode chiar, pode dar chilique. Não leva a nada esses ataques gratuitos. A partir de hoje eu não vou  responde os ataques do governador Mauro Mendes”,  rebateu Emanuel na tarde de hoje.

A troca de farpas constante entre o governador e o prefeito da Capital indica que a eleição municipal deste ano será tensa e repleta de acusações e bate bocas. O governador Mauro Mendes fechou apoio ao ex-prefeito Roberto França (Patriota), um dos principais rivais de Emanuel no pleito deste ano

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui