EP evita responder Mauro Mendes

0
5

Noelisa Andreola

Gazeta Digital

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) baixou o tom das críticas ao governador Mauro Mendes (DEM) ao longo das últimas semanas. O gestor concedeu nesta quarta-feira (23) a sua primeira entrevista após anunciar que seria candidato à reeleição.

Pinheiro foi indagado algumas vezes pelos jornalistas sobre os ataques que Mendes direcionou a ele na terça-feira (22), quando disse que “apequenar seria meter dinheiro no paletó e depois pedir voto para a população”.

“Eu nunca ataquei o governador, eu sempre respondi ao desrespeito e baixaria, e isso não quero responder, deixa ele com as opiniões dele, é um direito dele não gostar de mim eu só me importo com Cuiabá e com as obras, projetos e serviços para a população cuiabana’, respondeu.

Emanuel chegou a afilnetar, porém, sem citar nomes que prioriza os mais pobres e que não é arrogante.” Não sou frio, não sou calculista, não sou maldoso, não sou arrogante. Eu sou um homem de bem e só quero ajudar. Tem muito político ai que usam o nome de Deus, mas tem pacto com o Diabo. Eu não priorizo um pequeno grupo, eu priorizo os mais pobres”.

Ao longo da coletiva à imprensa, o prefeito ainda se negou a responder outras questões ligadas ao governador que geraria novas trocas de farpas.

“Infrutífero, provacativo, eu não quero mais. Estou chegando num ponto de maturidade que é um desrespeito com a população. Não leva a nada esses ataques gratuitos, está na cara. A partir de hoje não vou mais responder os ataques gratuitos do governador Mauro Mendes”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui