Agronegócio

Esmagamento de soja em MT tem 2,1% de aumento de margem bruta

A margem bruta de esmagamento de soja apresentou cresceu 2,10% no comparativo semanal, cotada a R$ 272,11/tonelada, impulsionada pela desvalorização de 1,41% no preço disponível do grão. A análise é do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária, no boletim desta semana da soja.

“Dentre os fatores que contribuíram para esse cenário em Mato Grosso, notou-se a elevação de 1,74% na cotação do farelo de soja no comparativo semanal, visto que uma maior procura interna pelo subproduto contribuiu para a alta. Além do farelo, o óleo apontou elevação de 1,62% no comparativo semanal, cotado a R$ 6,25 mil tonelada, justificada por um aumento nas cotações do subproduto na bolsa de Chicago (EUA), além da divulgação por parte do Governo Federal, que elevou o percentual da mistura obrigatória do biodiesel no diesel de 10% para 12% no Brasil para o próximo leilão”, acrescenta o instituto.

“Desse modo, a procura pelos subprodutos deve continuar firme neste ano, motivada pelo aumento na mistura obrigatória e a margem bruta de esmagamento favorável”, conclui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Leia Também

Menu