CidadesEducação

Estado decide não retomar aulas presenciais neste ano

Aulas serão realizadas de forma remota até 18 de dezembro

Da Redação


O Governo do Estado anunciou nesta sexta-feira (23) que as aulas presenciais não serão retomadas neste ano. As aulas presenciais estão suspensas desde março deste ano e, em agosto, iniciaram de forma remota.

“As aulas da rede pública estadual de ensino serão concluídas neste ano de 2020 de forma não presencial e irão até o dia 18 de dezembro. Ou seja, não haverá retorno de estudantes para aulas presenciais nas escolas neste ano”, diz nota do Poder Executivo.

Na mesma nota, o Governo afirmou que os professores e servidores das escolas seguirão em regime de teletrabalho. “A Secretaria de Educação esclarece que é obrigatória a participação dos alunos nas aulas, que continuam sendo ministradas na forma não presencial, seja com a distribuição de material didático impresso, ou por meio de plataforma online”, colocou a nota.

Nas últimas semanas, com a queda de casos e mortes de Covid-19 em Mato Grosso, chegou a ser cogitado o retorno das aulas de forma presencial. Inclusive, chegou a ser realizada uma pesquisa com os pais sobre o retorno dos alunos nas escolas.

As informações são de que os pais só defendem o retorno das aulas com a chegada da vacina contra o coronavírus.

Íntegra da nota:

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Educação, levando em consideração a situação sanitária da pandemia da Covid-19 e as orientações de saúde, comunica que:

1. As aulas da rede pública estadual de ensino serão concluídas neste ano de 2020 de forma não presencial e irão até o dia 18 de dezembro. Ou seja, não haverá retorno de estudantes para aulas presenciais nas escolas neste ano;

2. Os professores da rede estadual continuarão a desempenhar as funções em teletrabalho. A portaria que irá regrar essa norma será publicada no início da próxima semana;

3. O atendimento realizado pela equipe gestora nas escolas e no órgão central (SEDUC) continuam de forma presencial, conforme estabelece o Decreto Estadual nº 662, de 6 de outubro de 2020;

4. A Secretaria de Educação esclarece que é obrigatória a participação dos alunos nas aulas, que continuam sendo ministradas na forma não presencial, seja com a distribuição de material didático impresso, ou por meio de plataforma online.

Leia Também