Cidades

Evento festivo marca encerramento do programa ‘Criança Feliz’ em Várzea Grande

A secretaria de Assistência Social está realizando durante este mês de novembro, o encerramento de vários programas e serviços desenvolvidos pela pasta. Nesta quinta-feira (17), o programa “Criança Feliz”, realizou um encontro com mães e crianças que participam das atividades, para o fechamento do ano de 2022.  O evento festivo, teve programação voltada aos pequenos, já para as mulheres, e futuras mamães, palestras enfocando a importância da alimentação saudável para toda a família.

A primeira-dama de Várzea Grande, promotora de Justiça Kika Dorilêo Baracat destacou a importância do município, por meio da secretaria de Assistência, estar presente na primeira infância da criança, acompanhando, fazendo visitas nos lares, evitando com isso que a criança, que por estar muitas vezes em estado de vulnerabilidade, seja vítima de crimes e delitos.

Ela destacou a alegria de ver as crianças reunidas e junto às mães, e acompanhar todo o desenvolvimento delas. “Quero parabenizar toda a equipe que desenvolve esse programa, e que se desdobram para que esse atendimento seja feito da melhor forma possível. E para o ano que vem o trabalho continua, somos otimistas e esperamos mais melhorias”.

A supervisora do programa Criança Feliz, Aldinéia Maria da Silva Oliveira, explicou que o programa visa o fortalecimento de vínculos, estimulação motora da criança e o fortalecimento de vínculos entre a mãe e a criança, ou às pessoas que moram na casa. “Além de acompanhamento domiciliar, realizamos diversas atividades com essas crianças e suas famílias, realizamos também a inserção em Cadastro Único, encaminhamentos médicos e psicológicos e outras demandas apresentadas pelas famílias assistidas. O nosso atendimento é para crianças de 0 a 3 anos e também gestantes, além de crianças com deficiência até 6 anos” destacou.

A supervisora relatou que a meta do município de Várzea Grande era atender até 100 famílias, porém neste ano de 2022 mais de 700 foram acolhidas. “Há uma rotatividade das faixas etárias. Quando a criança completa 3 anos ela deixa de participar do programa, porém outras famílias com crianças com idade de 0 a 3 são inseridas. Os acompanhamentos são feitos nos bairros, por meio de visitas domiciliares”, completou.


Lucina Bruna Esquivel, moradora do bairro São Mateus é mãe de quatro filhos, três já foram atendidos pelo programa Criança Feliz, e o caçula de 2 anos hoje também participa das atividades. “Esse é um programa muito importante para as famílias carentes, porque auxilia no desenvolvimento educacional e cultural de nossas crianças, como nos ajuda no complemento alimentar, por meio de doações de cestas básicas e outros auxílios.  Esse trabalho desenvolvido pela Prefeitura é realizado de forma humana e muito necessária para o fortalecimento de vínculos familiares e também comunitários, eu só tenho a agradecer”.

O Criança Feliz é um programa federal e integrado com o Governo do Estado de Mato Grosso, e tem acompanhamento da equipe técnica da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania – Setasc

.Para Marielza Gonçalves, que compõem essa equipe, disse que o Criança Feliz, em Várzea Grande, desempenha um excelente papel na execução do programa, inclusive tem sido um grande parceiro do Governo do Estado, nas nossas capacitações. “O nosso ponto de ação é fazer a capacitação das pessoas que irão atuar no programa, apoiar e fazer o monitoramento da execução do programa, e o trabalho que essas profissionais realizam aqui é exemplar, e que tem resultado em sucesso”.

A Secretária de Assistência Social, Ana Cristina Vieira, disse que o Programa Criança Feliz se destaca pela forma como é desenvolvida em Várzea Grande, e muito em função da equipe comprometida, sensível e responsável que realiza as visitas domiciliares, no auxílio às mães no vínculo familiar, e sobretudo de se observar o desenvolvimento da criança. “O desenvolvimento não é só no sentido da saúde, mas o desenvolvimento social, cultural, essa potencialidade em aprender cada vez mais. O Criança Feliz trabalhando na primeira infância traz uma importância significativa nas políticas públicas desenvolvidas no município de Várzea Grande”.

A gestora lembrou ainda que muito se fala em futuro, mas o futuro depende muito do presente que estamos vivendo agora. “A responsabilidade do município está sendo cumprida com o programa Criança Feliz que  faz muito bem esse papel, que compõem uma das políticas públicas de Várzea Grande”.

 

Leia Também

Comentários