Política

França garante apoio à agricultura familiar em Cuaibá

Da Redação

O candidato a prefeito Roberto França assegurou neste final de semana o apoio integral às comunidades que vivem da agricultura familiar e hoje reclamam do abandono pela atual administração. Roberto se reuniu com os chacareiros dos distritos de Aguaçu e Coxipó do Ouro e do Cinturão Verde, no entorno do bairro Pedra 90. O candidato afirmou que a prefeitura voltará a ser parceira destas comunidades, investindo em infraestrutura e apoiando a produção e comercialização de hortifrutigranjeiros e piscicultura.

“Vamos trazer de volta as patrulhas mecanizadas que garantem a infra-estrutura para a agricultura familiar, o plantio e a colheita. A prefeitura voltará a comprar a produção local das associações de pequenos produtores para abastecer as escolas, as creches e as instituições de caridade e reativaremos o programa de reaproveitamento alimentar.  Vamos ajudar com assistência técnica, sementes, apoio em todos os sentidos pois a agricultura familiar é o que sustenta milhares de famílias de pequenos produtores. Vamos trazer de novo os cursos de capacitação de mulheres e jovens que a ex-secretária Iraci tão bem conduziu, transformando a vida das pessoas e gerando novos empreendedores”.

AGUAÇU

Roberto se emocionou diante do depoimento do pequeno produtor Tarcísio, do distrito do Aguaçu, que agradeceu a construção da estação de tratamento de água. “Quando assumi a prefeitura, eu estive na casa dele e enquanto conversávamos, perguntei como o povo daqui tomava água durante as chuvas, com a água do rio suja. Ele respondeu que não havia outra opção, pois não havia água tratada. Aguaçu significa água grande, mas a única água disponível era a do rio. Por isso eu fiz a estação de tratamento de água do Aguaçu, da Guia, Coxipó do Ouro e Sucuri e tenho muito orgulho em ver o reconhecimento da população”.

França também assegurou aos moradores a pavimentação de 3 kms dentro do distrito e outros 9 km na ligação com a rodovia, com apoio do governador Mauro Mendes. “Está feito este pacto com os moradores do Aguaçu, que merecem nosso respeito e apoio. A prefeitura fará sua parte e nosso parceiro o governador assumirá o outro trecho de asfalto. Também já tenho o compromisso do governador para um grande programa de regularização fundiária, unindo prefeitura, governo e governo federal pois meu partido é da base de apoio do presidente Bolsonaro”, lembrou.

CINTURÃO VERDE

No Cinturão Verde, o presidente da Associação de Produtores Rurais (Asproverde), Benedito ‘Paraíba’, disse que a comunidade tem Roberto França como um ídolo, pois ele sempre deu total apoio aos chacareiros da região. “Na época nós tínhamos calcário, sementes de milho ou arroz, maquinário cedido sempre que precisávamos, e hoje não temos mais nenhum apoio da prefeitura”.

Outro chacareiro, Geraldo Faria, disse que o atual prefeito nem reconhece que a zona rural existe e precisa de apoio do setor público. “Eu agradeço a Roberto França pela coragem em voltar à política para nos representar novamente”, disse a liderança.

“Nós estamos aqui para fechar este compromisso com vocês, de que a zona rural voltará a ser respeitada e apoiada. Quando fui prefeito dávamos assistência à agricultura familiar e principalmente para esta região do Cinturão Verde. Fomos os fomos os primeiros a incentivar a piscicultura aqui, ajudamos a implantação dos primeiros tanques e fornecíamos até ração. Hoje toda a produção está sem qualquer apoio da prefeitura”.

COXIPÓ DO OURO

Roberto França manifestou orgulho em retornar ao histórico distrito do Coxipó do Ouro, primeiro ponto de desembarque dos bandeirantes, local da primeira missa e da assinatura da Ata de Fundação da Vila Real do Senhor Bom Jesus de Cuiabá.  Ele lembrou que a atividade turística na região foi muito beneficiada pelo asfalto ligando a comunidade à MT-251, concluído meses atrás pelo governador Mauro Mendes.

“É muito gratificante receber o reconhecimento da população com esta grande obra que fizemos aqui e que continua servindo a população, a Estação de Tratamento de água. A exemplo do Aguaçu, também aqui a comunidade tinha que tomar água do rio, exposta a doenças de todo tipo. “O rio é para tomar banho, como fazem os visitantes de Cuiabá e os turistas do Brasil e do exterior, e não para beber. Esse passado foi superado, pois respeitamos o cidadão e trabalhamos para melhorar a qualidade de vida de todos”.

França lembrou que a estação foi um pedido do saudoso Quinca, comerciante pioneiro no Coxipó do Ouro. “Um dia, comendo uma deliciosa galinha com arroz em seu restaurante, ouvimos o pedido dele em nome de toda a comunidade. Um homem digno e honrado, trabalhador que começou a destacar o potencial turístico da região através da gastronomia cuiabana”, lembrou França. O filho do pioneiro, conhecido como João de Quinca, disse que seu pai estimava muito Roberto França e que toda a comunidade até hoje é grata pela estação de tratamento.

“Aqui tivemos a honra de valorizar também a história e a cultura, reformando a igrejinha de Nossa Senhora de França, no local onde foi rezada a primeira a missa, além da reforma de escolas, patrolamento de ruas e outras melhorias para favorecer o turismo. Mas tudo que fiz aqui ainda é pouco pelo que o Coxipó do Ouro representa para a história e a cultura de Cuiabá e Mato Grosso”, disse Roberto.

O candidato lembrou que o distrito tem um filho ilustre, o cantor, compositor e defensor da cultura cuiabana, Roberto Lucialdo. “Eu quero ter na Câmara um vereador que defende a arte e a cultura desta região, que vai me ajudar a concretizar diversos projetos em benefício da comunidade. Precisamos renovar a Câmara com vereadores sérios e comprometidos”, disse França.

Leia Também

Menu