Policial

Globo é condenada a pagar R$ 150 mil a pai de menino assassinado por transexual

O menino Fábio tinha 9 anos de idade quando foi sequestrado, estuprado e assassinado pela transexual Suzi em 2010. Depois do crime, o corpo foi deixado na porta da casa da mãe dele.

Dráuzio Varella e a TV Globo foram condenados a pagar R$ 150 mil por danos morais após a entrevista com Suzy Oliveira exibida pelo “Fantástico” em março de 2020.

A ação contra a emissora e o entrevistador foi movida pelo pai do menino de nove anos morto pela detenta entrevistada pelo médico para o quadro da revista eletrônica semanal.

A decisão judicial em primeira instância foi assinada pela juíza Regina de Oliveira Marques, do Tribunal de Justiça de São Paulo. O processo aponta que o pai da criança “sofreu novo abalo psicológico ao reviver os fatos” após ser procurado pela imprensa para voltar a falar sobre o tema.

Uol

Leia Também

Menu