CidadesSaúde

Hospital terá sala para mulheres vítimas de violência

Da Redação

O prefeito José Carlos do Pátio confirmou nesta quinta-feira (20) que vai abrir um local para atendimento exclusivo de mulheres vítimas de violência no Hospital Municipal Cristyan Mary da Silveira e Lima, o Hospital da Lions. O atendimento multiprofissional no local foi sugerido pela coordenadora de Saúde da Mulher do Ministério da Saúde, Regina Célia Nunes, que esteve em Rondonópolis para conhecer a estrutura das unidades de saúde da mulher.

 

O objetivo é fazer a integração dos atendimento que já são feitos na chamada unidade Viva, que funciona atualmente no posto da saúde do bairro Monte Líbano, com os serviços médicos clínicos que são realizados no Hospital da Lions. Dessa forma, a chamada porta de entrada para fazer o acolhimento de mulheres vítimas de violência passa a ser no hospital que terá sala ambientalizada de forma a dar maior conforto e acolhimento para as vítimas.

 

A representante do Ministério da Saúde parabenizou toda equipe, em nome do secretário de Saúde Vinícius Amoroso, pela estrutura que conheceu do ambulatório de alto risco da saúde da mulher e da criança no Hospital da Lions e disse que o município está no caminho certo. “Rondonópolis pode ser um modelo para as demais regiões na questão mortalidade materno-infantil. Só de ter um ambulatório para gestação de alto risco e se preocupar com o preparo dela para o parto e depois o atendimento das crianças prematuras, isso fecha com chave de ouro”, ressalta.

O prefeito José Carlos do Pátio disse que busca todas as pessoas que estão na exclusão social para oferecer a elas políticas públicas e atendimento. Essa integração dos serviços às mulheres que sofreram qualquer tipo de violência é um exemplo. Com isso, elas vão ter todo o acolhimento necessário em um único local, evitando reviver todo o sofrimento em outras unidades em busca sos serviços. No Hospital da Lions elas terão a disposição, psicólogos, assistentes sociais, médicos especialistas, medicamentos e exame de corpo de delito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Leia Também

Menu