Internado em SP, secretário testa positivo para Covid-19

Gilberto Figueiredo está internado em estado grave com problemas respiratórios

Da Redação

O secretário de  Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo (PSB), testou pela segunda vez positivo para  Covid-19.  Figueiredo está internado no  Hospital Albert Einstein em São Paulo, desde terça-feira (1º).

O gestor foi diagnosticado com pneumonia no último sábado (28).  De lá para cá, seu quadro de saúde vem se agravando, inclusive, com comprometimento de parte dos pulmões.

Inicialmente, os testes realizados na última semana deram negativo para o novo coronavírus. Todavia, um exame realizado nesta terça confirmou que ele teria sido “reinfectado”.

Isso porque, Figueiredo foi diagnosticado com Covid-19 no dia 25 de junho deste ano. Na ocasião, ficou em isolamento por cerca de 3 semanas, se tratou e foi curado.

Ontem, quando a Secretaria de Saúde confirmou a transferência do secretário para São Paulo, informou que um dos motivos é de que ele receberá  acompanhamento especializado, uma vez que sofre da Doença de Crohn, uma enfermidade crônica que causa inflamações intestinais e compromete o trato gastroinstestinal.

O Governo do Estado se posicionou por meio de nota sobre o estado de saúde do secretário:

O Governo de Mato Grosso esclarece que o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, está sendo avaliado por uma equipe médica especializada e que, até o momento, não é atestada a reinfecção pela Covid-19. Houve um segundo exame que apontou a detecção do coronavírus, mas os médicos ainda avaliam o quadro clínico do secretário. 

No momento, é realizada uma série de exames que visam radiografar os detalhes da situação clínica de Figueiredo. O secretário trata os sintomas e passa pelo monitoramento do quadro da Doença de Crohn. Figueiredo permanece estável e recebe assistência clínica por meio de medicamentos e auxílio fisioterápico.