Agronegócio

Investimento em portos para o escoamento da soja são destacados pelo SNPTA

O escoamento da produção agrícola, principalmente a de soja, passa diretamente pela capacidade logística brasileira. Nesse sentido, a cabotagem, que é o transporte entre os portos do mesmo país, é uma importante solução. O secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários do Ministério da Infraestrutura (SNPTA), Diogo Piloni, afirma que a intensificação dessa modalidade é uma das prioridades da pasta.

“Temos trabalhado com afinco para que tenhamos a intensificação da utilização da cabotagem no Brasil, que já cresce a mais de dois dígitos nos últimos dez anos. Ainda assim, entendemos que há espaço para um crescimento muito maior do que este. Tendo em vista esta confiança, temos o projeto BR do Mar, que já está maduro no Congresso Nacional, com expectativa de que haja votação no Senado muito em breve. Assim, podemos ter a efetivação do novo marco regulatório para o setor de cabotagem no país até o final do ano”, afirma.
Gestão de portos

De acordo com o secretário, finalizar os investimentos, principalmente privados, para a melhoria da eficiência das operações portuárias também segue no radar. “Estamos passando por um momento extremamente desafiador do ponto de vista econômico com a pandemia, mas tivemos em 2020 um aumento de movimentação portuária de Norte a Sul do país de mais de 4%. Isso tem sido seguido no primeiro semestre de 2021 com um aumento de movimentação de mais de 9%, de acordo com os dados fechados do primeiro semestre”, conta. (Canal Rural)

Leia Também

Menu