Política

Juiz manda retirar outdoor que associa Lula a aborto e ‘MST forte’

O juiz eleitoral Arthur Moreira Pedreira de Albuquerque, da 61ª Zona Eleitoral de Comodoro (MT), determinou a retirada de um outdoor que associa Lula ao aborto, à criminalidade, à censura e à ideologia de gênero. A imagem mostra o símbolo do comunismo. A decisão do magistrado se deu na sexta-feira 19.

Ao lado da foto de Lula, há uma do presidente Bolsonaro, ligado às seguintes pautas: vida, bandido preso, povo armado, valores cristãos, liberdades, agro forte e menos impostos para todos. No rodapé do outdoor, há a mensagem: “Você decide”. O pano de fundo de Bolsonaro é a bandeira do Brasil.


Segundo consta na imagem do outdoor que liga Lula ao aborto, a instalação foi custeada por meio de “vaquinha entre amigos e conservadores”.

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral, o responsável pela organização da vaquinha é o ex-vereador e funcionário público da cidade Antônio Carmos Pinheiro de Oliveira. O tribunal atribui a realização do serviço à empresa do ex-vereador Eliekson dos Santos de Jesus. (Revista Oeste)

Leia Também

Comentários