Política

“Meta é construir 20 mil casas”, diz presidente do MT Par

Da Redação

O presidente do MT Participações (MT Par), Wener Santos, afirma em entrevista que o órgão busca melhores condições para os cidadãos e para o Estado. Por meio de parcerias com as prefeituras, trabalha na construção de 20 mil casas previstas pelo Mais Habitação e para instalar 450 mil lâmpadas de LED em todos os municípios de Mato Grosso.

Uma parceria com o Intermat, para a regularização fundiária, prevê a entrega de sete mil títulos para Cuiabá e Várzea Grande, em 2021 sem ônus para os beneficiados; e com o TCE vai auxiliar na educação financeira dos prefeitos mato-grossenses.

“Queremos ações que melhorem a vida dos cidadãos, por meio da geração de emprego e renda e, ao mesmo tempo, ajudem o Estado a seguir crescendo”, destaca Wener Santos. Confira a entrevista na íntegra.

Como parte do programa Mais MT, o Governo de Mato Grosso investirá R$ 120 milhões na construção de casas populares. De que forma o MT Par está trabalhando? Conseguirá eliminar, ou diminuir, o déficit habitacional do Estado?

Wener Santos – Estamos trabalhando em parceria com os municípios interessados na construção de novas moradias. Já fizemos um chamamento público, em que 73 prefeituras se interessaram pelo [programa] Mais Habitação, indicando as áreas a serem construídas.

A meta do governador Mauro Mendes é construir 20 mil casas nos próximos dois anos, com essa parceria entre Governo do Estado, municípios e Governo Federal, que tem proporcionado um novo conceito de habitação. Conseguimos viabilizar casas maiores, melhores e com preços acessíveis aos cidadãos, diminuindo o déficit habitacional.

Ainda dentro do programa Mais MT, o governo destinou R$ 150 milhões para o MT Iluminado. O que é esse projeto e como será executado? Quais serão os benefícios?

Wener Santos – O programa MT Iluminado também é uma parceria do Governo do Estado com os municípios. Caberá ao Estado a responsabilidade pela doação das lâmpadas de LED, enquanto o município se encarregará das instalações.

Segundo informações da Energisa, atualmente Mato Grosso possui 450 mil pontos a serem substituídos por LED.  A intenção do governador Mauro Mendes é fazer com que esta parceria atenda aos 141 municípios, deixando as cidades mais bonitas, mais seguras e com redução do valor da taxa de iluminação pública.

Em uma parceria com o Intermat (Instituto de Terras de Mato Grosso), o MT Par está contribuindo com a regularização fundiária de imóveis urbanos desde o ano passado. De que forma esta parceria pode ser sentida pela população?

Wener Santos – São regularizações urbanas em Cuiabá e Várzea Grande e a previsão é de que sete mil títulos sejam entregues em 2021, por meio dessa parceria. Em um primeiro momento, a população estava desacreditada, pois essa promessa já existia desde governos anteriores, mas não havia sido concretizada, gerando uma grande frustração para as famílias, cujo sonho é ter o título definitivo de sua casa.

Com essa parceria entre MT Par e Intermat, estamos garantindo que o cidadão receba o título definitivo e de forma gratuita, sem custos com o cartório ou taxas.

Quais outros projetos do MT Par estão em andamento. De que forma beneficiarão a população?

Wener Santos – Temos a licitação do gasoduto, que estará pronta nos próximos dias e atenderá todo o Distrito Industrial de Cuiabá. Outro tema, que temos trabalhado, são os aterros sanitários, em parceria com os Consórcios Intermunicipais, cujo objetivo é dar a destinação correta ao lixo urbano.

Há ainda o projeto de Energia Solar, que atenderá os órgãos públicos estaduais, gerando economia para o Governo de Mato Grosso.

O projeto mais recente é uma parceria entre o MT Par e o TCE [Tribunal de Contas do Estado], para auxiliar os prefeitos dos 141 municípios no uso correto do dinheiro público, visando eficiência na gestão. Gastando menos e fazendo mais.

Outro braço do MT PAR está tocando projetos voltados ao turismo da Baixada Cuiabana. A ideia é aquecer a atividade na região, revitalizando nossos pontos turísticos, gerando emprego e renda para a população, tanto para empreendedores quanto para profissionais do setor.

O que se pode esperar do MT Par para os próximos anos?

Wener Santos – Queremos trabalhar em parcerias e gostamos muito das causas municipalistas, onde o cidadão de fato vive. Queremos ações que melhorem a vida dos cidadãos, por meio da geração de emprego e renda e, ao mesmo tempo, ajudem o Estado a seguir crescendo.

Em breve, estaremos de casa nova e as portas estão abertas para as parcerias públicas ou privadas, que visam o bem de Mato Grosso.

 

Leia Também

Menu