Política

Moraes determina buscas em endereços de apoiadores de Bolsonaro

A pedido do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), a Polícia Federal cumpre nesta terça-feira, 23, mandados de busca e apreensão em endereços de oito empresários integrantes de um grupo de rede social de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL).


A alegação de Alexandre de Moraes é que o grupo de empresários compartilhou supostos comentários de teor golpista, em conteúdo exposto pelo jornal Metrópoles na última semana, falando em algum tipo de ação caso Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vença as eleições presidenciais deste ano. A conversa aconteceu em um aplicativo de mensagens. (Revista Oeste)

Leia Também