Policial

Motorista de aplicativo estupra passageira em MT

Um homem de 62 anos foi preso acusado de estuprar e abandonar passageira de 21 anos, em um matagal, durante uma corrida por aplicativo. O fato aconteceu na noite desta terça-feira (23), no bairro Rota do Sol, em Sorriso (416 km de Cuiabá). O homem negou as acusações e disse que a relação foi consensual.

Por volta das 23h30, a guarnição da Polícia Militar foi acionada através do 190 pela própria vítima, relatando que estava em uma chopperia na avenida Natalino João Brescansin, ingerindo bebida alcoólica. Ao decidir ir embora, ela acionou um motorista de aplicativo.

O veículo, Chevrolet Onix de cor prata, chegou e a vítima embarcou com destino ao bairro Rota do Sol. Durante o trajeto, o motorista passou em uma distribuidora de bebidas no Perimetral Sudoeste e comprou seis latas de cervejas, sal e limão. A vítima percebeu que o motorista estava fazendo um caminho oposto ao que deveria.

Ao ser questionado, o motorista logo parou o veículo em uma região de mata. A jovem disse que estava embriagada e não se lembra de muita coisa, recorda-se apenas de que foi abusada pelo motorista de aplicativo. Em seguida ele saiu do local e deixou a vítima caída no meio do matagal.


Quando ela acordou, percebeu que estava completamente nua e acionou a PM. Quando os militares chegaram ao local encontraram a mulher desorientada e sentada na calçada ainda sem roupa. As roupas dela foram encontradas próximas ao local.

Uma ambulância do Corpo de Bombeiros foi acionada e encaminhou a vítima para a Unidade de Pronto Atendimento (Upa), para receber atendimento médico necessário. Durante diligências e em posse dos dados do veículo, os militares conseguiram chegar até o endereço do suspeito, no bairro Jardim Europa, onde ele foi localizado.

Questionado sobre os fatos, o suspeito relatou que pegou a passageira na choperia e durante o trajeto, a pedido da passageira, passou em uma distribuidora de bebidas e comprou seis latas de cervejas. Disse ainda que a mulher afirmou querer ter relações sexuais com ele dentro da mata. No local, a vítima teria abaixado seu short e feito sexo oral nele.

Perguntado sobre o fato do estupro, o suspeito disse que apenas passou o dedo no órgão genital dela, e que por meia hora tentou levá-la embora, mas ela se negava a se levantar. Ele resolveu ir embora e deixá-la no local. Diante dos fatos, o homem foi preso e encaminhado para a delegacia de Polícia Civil para as demais providências que o caso requer.

Leia Também

Comentários