Cidades

MT destina R$ 11 mi para ampliar hospital

Da Redação

O governador Mauro Mendes, acompanhado da primeira-dama Virginia Mendes e de autoridades políticas do Estado, visitou o Hospital Filantrópico São Lucas, na manhã desta sexta-feira (06.08), onde firmou convênio no valor de R$ 11 milhões para a aquisição de novos equipamentos para a unidade.

Com a medida, o Governo do Estado resgata uma dívida antiga com a região, que possuía um déficit histórico na saúde pública, e permite a ampliação do atendimento prestado à população de Lucas do Rio Verde e dos municípios vizinhos. O investimento neste hospital, que atende por meio de filantropia, deverá sanar esta carência.

“O Hospital São Lucas é um modelo, o atendimento prestado aqui é referência, conjugando atendimento SUS com atendimento privado. O Governo do Estado vai aportar em torno de R$ 11 milhões para comprar equipamentos e melhorar ainda mais e ampliar o atendimento, além de fornecer outras modalidades cirúrgicas nesta cidade”, afirmou o governador.

Conforme a diretora do Hospital São Lucas, a médica Iara Giroto, os novos equipamentos vão garantir não só a melhoria do atendimento, mas devem diminuir a necessidade de encaminhamento dos pacientes para outras unidades.

“São parcerias importantes pra que a gente possa equipar melhor o Hospital, trazer mais serviços para a população de Lucas do Rio Verde e atender de forma plena esses pacientes, pra diminuir a necessidade de encaminhamento dessas pessoas para tratamentos fora do município”, comemorou a diretora.

Acompanham o governador e a primeira-dama os secretários de Estado, Mauro Carvalho (Casa Civil), Rogério Gallo (Fazenda), Alexandre Bustamante (Segurança), Marcelo de Oliveira (Sinfra) e Alan Porto (Educação); os deputados estaduais, Xuxu Dal’Molin, Dilmar Dal’Bosco e Gilberto Cattani; o comandante-geral da Polícia Militar de Mato Grosso, coronel Jonildo José Assis; o presidente da MT PAR, Wener Santos; o chefe do Escritório de Representação de Mato Grosso em Brasília, Aécio Rodrigues; além de prefeitos, vereadores e demais autoridades da região.

Conjunto habitacional Vida Nova

Antes da visita ao Hospital São Lucas, o governador Mauro Mendes e a primeira-dama, Virginia Mendes, estiveram no conjunto habitacional Vida Nova II. O local, que irá abrigar 350 casas populares, recebeu investimentos de mais de mais de R$ 20 milhões. As obras devem ser concluídas até dezembro deste ano.

“Aqui, o Governo de Mato Grosso investiu 2 milhões para ajudar na finalização deste importante empreendimento, 350 residências que estão sendo construídas em parceria com a Prefeitura de Lucas do Rio Verde e Caixa Econômica Federal. Assim como este, estamos aportando recurso do Governo de Mato Grosso aos municípios de Sinop, Várzea Grande e demais cidades para terminar esses empreendimentos que estavam com problemas. Graças a Deus, estamos fazendo um grande programa junto da Caixa Econômica, para construção de mais de 20 mil novas casas populares aqui no Estado”, explicou o governador.

Ainda no conjunto habitacional, o presidente da MT Participações e Projetos S.A (MT PAR), Wener Santos, e o prefeito de Lucas do Rio Verde, Miguel Vaz, assinaram um termo de adesão ao projeto Mais Habitação.

O empreendimento prevê a construção de 1,5 mil apartamentos para atender famílias que recebem de dois a sete salários mínimos. A previsão é que sejam investimentos R$ 22 milhões.

“O Governo tem atendido de uma forma muito especial nosso município. Lucas do Rio Verde tem hoje um déficit habitacional de mais de 6 mil unidades e essa parceria com o MT Par vai fazer com que muitos luverdenses possam acessar a sua moradia. Com essas parcerias entre a Prefeitura e o Governo do Estado, quem ganha é a população. Este projeto Vida Nova ll vem se arrastando desde 2012, mas agora caminha para fase de conclusão, graças ao aporte de recursos do Governo de Mato Grosso”, afirmou o prefeito.

“O objetivo é atender a população com imóveis de qualidade e infraestrutura completa, com preços mais acessíveis, uma vez que aqui em Lucas do Rio Verde a área é muito cara”, concluiu o presidente do MT PAR.

Leia Também

Menu