CidadesEducação

Obra de Escola Técnica completa 10 anos em MT

Da Redação

Na quarta-feira (27), o deputado Ulysses Moraes realizou uma fiscalização na Escola Técnica de Educação Profissional e Tecnológica de Mato Grosso (Ceprotec), localizada no município de Matupá. Essa obra foi iniciada há mais de 10 anos e até o momento não foi concluída para população.

Atualmente, desde 2015 a construção foi reiniciada, por isso o parlamentar foi realizar a fiscalização e cobrar por uma solução. “Uma obra de quase R$ 10 milhões e até hoje nada. Esse realmente é um elefante branco em Mato Grosso e não podemos admitir mais isso. Uma escola técnica que poderia estar sendo utilizada e profissionalizando alunos da cidade de Matupá e região, mas que por incompetência está parada. É triste ver esse tio de situação”, disse Moraes.

De acordo com o Geo Obras, o começo da construção da Escola Técnica Estadual de Educação Profissional e Tecnologia em Matupá ocorreu em julho de 2010. Inicialmente orçada em R$ 5.832.499,70, a obra teve três paralisações e reinicio. No site da transparência do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TEC-MT), a última atualização foi em 2015 com mais um reinicio das obras, contudo até hoje, o valor total da obra já é de R$ 9.172.653,99 e nada de uma conclusão.

Vale ainda destacar que a estrutura segue o padrão federal com dois pavimentos divididos em seis laboratórios profissionalizantes, 12 salas de aulas, auditório, biblioteca, teatro, refeitório, área de convivência, ginásio poliesportivo coberto, setor administrativo e estacionamento. E que essa unidade escolar em Matupá está com cerca de 85% da estrutura concluída e tem potencial de atendimento de mais de dois mil alunos. “É lamentável isso. A obra está completamente abandonada, com uma enorme estrutura e ainda não foi entregue a população. O governo de MT precisa resolver isso o quanto antes, não podemos admitir esse tipo de abandono. Estaremos cobrando por respostas em relação a essa obra”, finalizou o deputado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Leia Também

Menu