Policial

Padrasto estupra enteada de 10 anos em MT

A justiça converteu em preventiva, a prisão do homem de 24 anos investigado por abuso sexual da própria enteada, de 10 anos, em Colniza, região noroeste do Estado, a 1.065 km de Cuiabá.

Além do crime sexual, ele também ameaçava a esposa, que foi agredida em várias ocasiões, segundo a polícia, e temia denunciar o criminoso por medo da intimidação do suspeito.

O caso aconteceu no final do mês de agosto e a polícia conseguiu colher indícios dos crimes praticados pelo suspeito, além disso, exames periciais com a criança confirmaram o abuso sexual.


Na sexta-feira (10), a polícia realizou buscas durante todo o dia para localizar e prender o investigado. Com ele, foram apreendidas armas de fogo e munições que, segundo alegou, eram utilizadas para caça.

Crimes

A mãe da vítima procurou a polícia no fim de agosto, depois da filha relatar os abusos, cometidos durante seis meses pelo padrasto. A criança contou, ainda, que pedia para que suspeito parasse com os abusos, mas ele continuou agindo sempre que a menor estava sozinha.

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

Leia Também