Policial

Pai que engravidou filha de 10 anos é preso em Goiás

Um crime que chocou a cidade de São José do Xingu (1.200 km a nordeste de Cuiabá) foi esclarecido pela Polícia Civil com o cumprimento do mandado de prisão do suspeito, o pai que abusava da própria filha desde os 10 anos de idade, chegando a engravidar e ter um filho com a menina.

O suspeito de 38 anos estava com o mandado de prisão em expedido pela Justiça desde maio de 2021 e foi localizado pela Polícia Civil no município de Caçu (GO).

A gravidez da menina ocorreu no ano de 2019 porém só foi comunicado a Polícia em agosto de 2020 quando o bebê já havia nascido e já estava com sete meses de vida. Ao ser ouvida, a menina disse que sentia muito medo de expor a situação e se sentia ameaçada uma vez que o seu pai possuía uma arma de fogo em sua residência.

Na ocasião, os policiais realizaram diligências e localizaram a arma de fogo, um rifle 22, carregado com oito munições calibre 22, além de várias munições intactas armazenadas e embaladas, totalizando 571 munições. No dia seguinte a denúncia, o suspeito fugiu da cidade e não foi mais localizado.

A Polícia Civil instaurou inquérito, sendo representado pelo mandado de prisão preventiva do suspeito pelo crime de estupro de vulnerável, que foi deferido pela Justiça, porém desde então o investigado era considerado foragido.

Com informações do possível paradeiro do suspeito, nesta sexta-feira (20), os policiais de São José do Xingu conseguiram localizar o suspeito, na cidade de Caçu, estado de Goiás, onde foi dado efetivo cumprimento ao mandado.

Segundo o delegado de São José do Xingu, Gustavo Espíndola de Souza, o crime causou grande comoção na cidade e região. “Graças ao trabalho incessante de toda equipe da Polícia Civil foi possível localizar e efetuar a prisão do suspeito de um crime tão grave”, disse do delegado.

Leia Também

Menu