Policial

PC indicia 14 ladrões de carros e relógios em condomínios de Cuiabá e Várzea Grande

Quatorze pessoas identificadas como integrantes de uma organização criminosa que atuava em roubos e furtos qualificados dentro de condomínios fechados de Cuiabá e Várzea Grande foram indiciadas pela Polícia Civil na conclusão da 1ª fase da Operação Tarântula, deflagrada na última semana, pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos (Derfva). Os criminosos tinham como alvos condomínios de luxo onde invadiam para roubar carros de alto valor e também relógios luxuosos.

O inquérito policial foi encaminhado ao Poder Judiciário na sexta-feira (09.09). Entre os indiciados está o líder da associação criminosa que responderá por organização criminosa além dos crimes praticados pelos seus comparsas, executores das ações criminosas como furto, roubo, adulteração de sinal de veículo automotor, receptação, estelionato e lavagem de dinheiro.


A operação, deflagrada no dia 2 de setembro, resultou no cumprimento de 10 mandados de prisão preventiva de integrantes da organização criminosa, sendo confirmada a participação do grupo em pelo menos 15 furtos qualificados ocorridos em condomínios, em 30 casos investigados desde dezembro de 2021.

Durante a operação foram apreendidos quatro veículos, entre eles um caminhão, além de dinheiro, cédulas de documento falso, arma de fogo e enorme quantidade de peças de veículos, motores e lataria cortada, que demonstram que a organização criminosa possivelmente atuou em diversos outros roubos e furtos, em outras modalidades, na região metropolitana.

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

Leia Também

Comentários