Esporte

Pedal da Guarda arrecada mais de uma tonelada e meia de alimento

A edição especial do Pedal da Guarda, realizada no último dia 29 em parceria com a TV Cidade Verde e Rádio Band FM, conseguiu arrecadar mais de uma tonelada e meia de alimentos não perecíveis, que serão doados às famílias atendidas pelo projeto ‘Mãos que Alimentam’, do Grupo Cidade Verde de Comunicação, e mulheres vítimas de violência doméstica assistidas pela Patrulha Maria da Penha da Guarda Municipal de Várzea Grande (GMVG).

A ação beneficente incentivou os ciclistas a fazer as doações em troca de número para participar do sorteio de duas bicicletas de alumínio com freio a disco. Mais de 300 pessoas participaram do pedal, sendo que a maioria estava concorrendo aos prêmios. De acordo com o coordenador do Pedal da Guarda, GM Juliano Lemos, a meta de arrecadação superou a expectativa, que era de uma tonelada. “Supreendeu”, disse.

A rota do pedal saiu da Praça Sarita Baracat, na Avenida Couto Magalhães, como de costume, e partiu em direção a Cuiabá, pela ponte Sérgio Motta, cruzando a Avenida Parque do Barbado, até chegar à sede do Grupo Cidade Verde de Comunicação, na Avenida Arquimedes Pereira Lima. Chegando lá, eles foram recepcionados com uma confraternização onde os parceiros do evento serviram seus produtos e também foi realizado o sorteio das duas bicicletas. O evento foi transmitido pela TV Cidade Verde canal 12.1. Incluindo ida e volta, o pedal teve 32 quilômetros de trajeto.

Um dos participantes foi Wanderley de Lima, 59, mais conhecido como Mãozinha pelo fato de ter as duas mãos amputadas após sofrer um acidente de trabalho em 2004. Ele já rodou o estado e viajou para São Paulo, Goiás e Tocantins de bicicleta. “Tem que ter determinação, persistência e acreditar naquilo que você quer. Sair do sofá e agir, seja qual esporte for”, ensina.

Conforme o coordenador do Pedal da Guarda, GM Juliano Lemos, o intuito do evento em parceria com o Grupo Cidade Verde foi promover o “espírito de fraternidade” entre os ciclistas. Ele agradeceu a todos os parceiros e destacou a importância de somar esforços em prol da população. “A gente tem que olhar pra trás e agradecer a Deus pelo que a gente tem. E nós, como uma Guarda Cidadã, temos que estar juntos da população. Nada mais justo do que retribuir através dessa ação de arrecadação de alimentos”, declarou.


Projeto ‘Mãos que Alimentam’

O diretor de marketing e eventos da TV Cidade Verde e Band FM Cuiabá, Luiz Queiroz, explica que o projeto “Mãos que Alimentam” já existe há alguns anos com o objetivo de arrecadar alimentos, que posteriormente são doados a pessoas em situação de vulnerabilidade social. O embaixador da causa é o apresentador do programa Estilo, Hebert Mattos, que tem agregado diversas madrinhas e demais parceiros da sociedade cuiabana e várzea-grandense.

Queiroz enalteceu a parceria com o Pedal da Guarda, destacando o envolvimento de todos. “A TV sempre fez esse projeto e, este ano, através do nosso repórter querido Lucky Marlon, nós fizemos a parceria com a galera do Pedal da Guarda. Foi um sucesso fantástico porque eles abraçaram realmente o projeto. A TV Cidade Verde junto com a Band FM, através da nossa presidente, doutora Michelle Carvalho, tem trabalhado com afinco para que nós possamos arrecadar cada vez mais alimentos para doar para essas pessoas”, afirma.

Próximas ações

Juliano Lemos afirma que, até o mês de novembro, o Pedal da Guarda estará arrecadando roupas, sapatos e acessórios adulto e infantil (novos ou usados) para contribuir com o Bazar do Bem, projeto realizado pelo Gabinete de Apoio às Ações Transformadoras (GAAT), da Prefeitura de Várzea Grande. Além do Pedal da Guarda, as doações podem ser entregues na sede do Executivo e nas secretarias municipais.

Leia Também

Comentários