Policial

Pedófilo de MT grava estupro de crianças e envia vídeo para a Europa

Um jovem de 19 anos, morador de Rondonópolis (212 km de Cuiabá), foi alvo de busca e apreensão efetuada pela Polícia Federal (PF) na manhã desta sexta-feira (2), por armazenar e produzir vídeos e imagens de sexo explícito envolvendo crianças e adolescentes. O mandado contra ele foi expedido pela Justiça Federal e cumprido na Operação Kátharos.

Os agentes da PF cumpriram um mandado de busca e apreensão contra o suspeito. De acordo com a PF, a investigações apontaram que o investigado produzia e divulgava os próprios vídeos e imagens em cenas de nudez; bem como, imagens de crianças e adolescentes em cenas de sexo explícito para homens, principalmente da Europa.


O nome da operação Kátharos, termo grego que significa “puro”, faz alusão à atuação da Polícia Federal no combate aos crimes que maculam a pureza existente na infância.

As investigações continuam e o responsável pode ser responsabilizado pelo crime previsto no artigo 241-A, da Lei 8.069/1990, com pena de 4 a 08 anos de prisão.

Leia Também

Comentários