Agronegócio

Plantio de soja e milho avança rápido no Brasil, diz consultoria

Com os trabalhos praticamente finalizados ou muito próximos do fim nos estados de calendário mais antecipado, a semeadura agora se concentra no Rio Grande do Sul, onde o tempo mais seco segue preocupando os produtores, e no Matopiba, que tem registrado excesso de chuva em alguns pontos, mas onde o ritmo de plantio segue intenso.
Milho verão

Apesar do solo mais seco, o plantio de soja avançou rapidamente no Rio Grande do Sul na semana passada. Problemas de germinação, porém, poderão ocorrer caso não chova logo. Mas a maior preocupação dos produtores é com o milho verão. Em áreas plantadas mais cedo, que já estão em pendoamento, as lavouras dão sinais de estresse hídrico e precisam de chuva o quanto antes para evitar perdas de potencial produtivo.

A redução das chuvas também vem sendo sentida em Santa Catarina, no Paraná e em São Paulo. Nesses estados, porém, o plantio do milho verão é mais tardio e poucas áreas já estão em estádios reprodutivos. Até quinta-feira (11), 85% da área de milho verão estava semeada no Centro-Sul do Brasil, contra 75% uma semana antes e 82% um ano atrás. (Canal Rural)

Leia Também

Menu