Policial

Polícia Civil cumpre prisão de autor de dupla tentativa de feminicídio em Tangará da Serra

Um homem identificado como autor de uma dupla tentativa de feminicídio teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (06.10), em ação da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Tangará da Serra (239 km a Médio-Norte de Cuiabá), Núcleo de Inteligência da Delegacia Regional e apoio da Polícia Civil de Palmas (TO).

O suspeito de 55 anos teve o mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça pela tentativa de feminicídio cometida contra a ex-companheira e a tia dela. O crime foi motivado pelo fato do suspeito não aceitar o fim do relacionamento de nove anos com a vítima.

O fato ocorreu no dia 11 de setembro quando o suspeito, que estava separado há aproximadamente 90 dias da vítima, procurou a ex-companheira querendo uma conversa em particular. Diante da negativa, ele apontou uma arma de fogo tipo espingarda para a vítima, momento em que ela e a tia subiram em uma motocicleta e fugiram da casa na tentativa de escapar do suspeito.

Não conformado com a situação, o suspeito saiu atrás das vítimas e jogou intencionalmente o seu veículo, um Fiat Strada, em cima delas, atropelando gravemente a ex-companheira e a tia. O suspeito fugiu do local sem prestar socorro às vítimas, que foram socorridas pela equipe do Samu.


Assim que foi acionada dos fatos, a equipe da DEDM de Tangará da Serra iniciou as diligências, tendo o delegado Gustavo Espíndula de Souza representado pela prisão preventiva do suspeito, que foi deferida pela Justiça.

Nas investigações, foi descoberto que o suspeito havia fugido para o município de Palmas (TO), onde estava se escondendo na casa de uma irmã. Com base na informação, com apoio dos policiais de Palmas foi possível dar cumprimento ao mandado de prisão contra o investigado, na manhã desta quinta-feira (06).

“Foi um crime gravíssimo, em que o suspeito além de ameaçar a ex-companheira com arma de fogo, posteriormente atropelou as vítimas de maneira extremamente violenta, causando um forte impacto, tendo as duas mulheres sobrevivido por circunstâncias alheias a vontade do investigado”, disse o delegado.

Leia Também

Comentários