Policial

Polícia Civil fecha 11 pontos de venda de drogas e cumpre mandado contra líder de facção

Uma operação da Polícia Civil, deflagrada nesta terça-feira (21.11), em Peixoto de Azevedo (671 km ao norte de Cuiabá), resultou no fechamento de diversos pontos de venda de drogas e no cumprimento de mandado prisão preventiva contra o líder de uma facção criminosa, responsável pelo gerenciamento do tráfico na região. O mandado foi cumprido na Penitenciária Central do Estado, em Cuiabá, onde ele está preso por outros crimes.

A Operação Retomada, coordenada pela Delegacia de Peixoto de Azevedo, com apoio das delegacias de Primavera do Leste, Matupá, Guarantã do Norte, Itaúba, Terra Nova do Norte, Cuiabá e Várzea Grande, além da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), foi deflagrada para cumprimento de 11 mandados de busca e apreensão em diversas residências e comércios de Peixoto de Azevedo.

A investigação apontou que um dos alvos controlava o tráfico de drogas, na região Norte de Mato Grosso, e também teria ordenado mortes de dentro da unidade prisional na Capital.


O gerente da facção, que atuava no município de Peixoto de Azevedo, teve a prisão preventiva decretada pela Justiça. Já os pontos de tráfico, conhecidos como ‘lojinhas’ que ele gerenciava, foram todos objeto de mandados de busca e apreensão na manhã desta terça-feira (22.11).

As investigações da Polícia Civil demonstram diversos contatos entre o gerente da facção, em Peixoto de Azevedo, e o líder da facção, preso na PCE, que, inclusive, recebeu valores oriundos do tráfico de drogas no Norte do estado, via transferências por Pix, na conta bancária de “laranja”.

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

Leia Também