Policial

Polícia identifica adolescentes que publicaram de ameaças contra escola de Cuiabá

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Informáticos (DRCI), identificou os três adolescentes responsáveis pela publicação de mensagens com ameaças contra alunos de uma escola particular da Capital.

Os menores, todos de 12 anos e alunos da escola, foram ouvidos nesta quinta-feira (06) e responderão pelo ato infracional análogo à contravenção penal de provocar pânico, prevista no artigo 41, da Lei de Contravenções Penais.

Assim que foi acionada dos fatos, a equipe da DRCI iniciou as diligências para identificar os responsáveis pela criação e pelas publicações do falso perfil, colhendo elementos tecnológicos que auxiliaram na identificação dos menores envolvidos.


As investigações apontaram que os adolescentes criaram um perfil falso na rede social, onde publicaram a fotografia de uma arma de fogo e uma mensagem de que seria realizado um atentado contra escola. Os menores também desafiaram a diretoria da escola e as autoridades dizendo que não poderiam ser identificados.

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Ruy Peral, dois dos menores envolvidos nos fatos já foram ouvidos e disseram que tinham apenas a intenção de fazer uma “brincadeira”. O terceiro adolescente será ouvido na tarde desta quinta-feira (06).

Leia Também

Comentários