Cidades

Produções sustentáveis e apresentações artísticas marcam 3ª edição da Feira Gaia

Com caráter itinerante – a fim de revelar e oxigenar espaços culturais da cidade – a 3ª edição da Feira Gaia ocorre neste sábado (16.10), no Museu de História Natural Casa Dom Aquino. Dezenas de stands e apresentações artísticas podem ser conferidas das 16h às 23h. Ativistas do meio ambiente e da cultura indígena de Mato Grosso também tem participação especial. O Ingresso é 1kg de alimento não perecível, que será destinado para a Assembleia Social.

Movidas pela vontade de transformar o meio em que vivem, a artista visual Adriana Milano e a especialista em conexão de negócios Bruna Ângelo assumiram protagonismo social, impulsionando a formação de uma rede que vem crescendo dia a dia.

A feira inclui artistas e empreendedores criativos que apostam na força do coletivo para exibir suas produções pautadas por valores sociais e ambientais a um público consumidor exigente e consciente do peso de suas escolhas. O artesanal e o sustentável são comuns a essas produções.

Ações paralelas, como de plantio e doações de árvores para a cidade conhecida por suas altas temperaturas e pouca iniciativa do poder público no sentido de mitigar o calor, intercalam as edições da Feira que neste ano, ganha ainda mais força com o incentivo da Lei Aldir Blanc. O projeto da 3ª edição foi aprovado pelo edital MT Criativo da Secretaria de Estado de Cultura, Esportes e Lazer de Mato Grosso.

Bruna conta que o ambiente gera não só bons negócios aos expositores, como também, novos projetos. “Os empreendedores comercializam suas peças, tornam sua marca conhecida e ainda acabam por se conectar a outros projetos. Nossa intenção é estimular também a formação de novos coletivos. Acreditamos no poder da coletividade na construção de um futuro melhor”.

A seu lado, Adriana reforça a premissa da Feira Gaia. “Queremos contribuir para um mundo mais justo, fomentar o empreendedorismo voltado ao desenvolvimento sustentável e promover discussões que vão de encontro às necessidades urgentes de nosso planeta”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Leia Também

Menu