Política

Ranking dos Políticos premia senador de Mato Grosso

O senador Wellington Fagundes (PL-MT), atual líder do Bloco Vanguarda (DEM-PL-PSC), foi agraciado com o troféu Bom Parlamentar, do site Ranking dos Políticos. A organização promove, anualmente, os melhores parlamentares do país, por Estado, dando destaque especial àqueles que figuram no topo do portal  www.políticos.org.br.

Há anos Wellington figura na chamada “elite parlamentar”, pelo trabalho enquanto legislador e articulador de excelência, o que permite a aprovação de projetos, como a Lei Aldir Blanc e a Lei 1343/21, que permite que indústrias de saúde animal produzam vacinas. Além disso, também melhora o trânsito do senador junto ao Presidente da República e a alta cúpula do poder Executivo, possibilitando a pronta liberação de emendas para construção de creches, hospitais, escolas e outras obras estruturantes.

O Ranking dos Políticos é uma iniciativa da sociedade civil que avalia senadores e deputados federais em exercício, classificando-os do melhor para o pior, de acordo com os critérios: combate aos privilégios, desperdício e corrupção no poder público. A iniciativa foi criada por pessoas comuns, sem ligação com nenhum partido político ou grupo de interesse.

No ano passado, em plena pandemia, o senador foi considerado, pela terceira vez, um dos “Cabeças do Congresso”, pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP), organização que congrega 900 entidades de trabalhadores, centrais, confederações, federações, sindicatos e associações de todo o país.

À época,  Fagundes foi classificado entre os parlamentares que estão “investidos de autoridade para firmar e honrar compromissos”. Segundo o DIAP, os parlamentares nessa condição sentam-se à mesa de negociação “respaldados para tomar decisões”.  Normalmente, segundo a publicação, são “parlamentares experientes e respeitados por seus pares, sabedores de seus limites de concessões”.

Segundo o senador, essas premiações são “uma real prestação de contas ao voto que foi conferido, em cada mandato e por cada cidadão”. Ele afirmou que espera que todos os parlamentares lutem, de forma ética e com muito trabalho, “para também figurarem nesta classificação de excelência”.

Além de líder do Bloco Parlamentar Vanguarda e integrar várias comissões permanentes do Senado, o senador mato-grossense foi relator da Comissão da COVID-19 no Senado, presidente da Comissão do Pantanal, relator do Orçamento de 2022 para a Educação, relator do Orçamento para os Direitos Humanos e das mulheres. Atualmente, preside a Frente Parlamentar de Logística e Infraestrutura (Frenlogi) e é vice-presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Municípios Brasileiros, considerada a segunda maior do Congresso Nacional.

Leia Também

Menu