Política

Senador pede incentivos à telefonia em municípios pequenos

O senador apontou como causa para o desinteresse das grandes companhias telefônicas em atuar em pequenos municípios o baixo volume de faturamento. “Temos que fazer cumprir o papel das agências, cobrar de forma contundente que participem mais efetivamente, pois estão puxando mais pelo caixa do que pelos investimentos que precisam ser feitos para expandir a cobertura no país”, apontou.

O senador também cobrou a aplicação do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (FUST). “Os recursos do FUST eram para atender às pequenas comunidades, aquelas mais distantes que não contam com telefonia e cobertura de internet, mas ninguém nunca viu a cor desse dinheiro”, disse.

Fabio Faria afirmou que os recursos do leilão serão suficientes para recompor o FUST e expandir a cobertura em todo país. Ao todo foram arrecadados R$ 47,2 bilhões, superando os leilões do 3G, do 4G e da privatização da Telebrás, que juntos, arrecadaram 41 bilhões. “Os recursos do FUST sumiram, foram utilizados para cálculo de superávit primário e amortizar dívidas, então se não fosse o leilão não teríamos esse dinheiro porque ele já foi gasto”, explicou.

O ministro também afirmou que o setor de telecomunicações do país atrai investidores do mundo inteiro. “Nosso maior deserto digital é o agro, que conta com apenas 23% de cobertura. Com 5G isso vai para 100% e o mercado tem muito interesse em suprir essa demanda”, disse.

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

Leia Também

Menu