Esporte

Tênis de quadra vira disciplina eletiva na Arena da Educação

A Escola Estadual Plena Governador José Fragelli, localizada na Arena Pantanal, agora tem o tênis de quadra como uma das disciplinas eletivas. Trata-se do projeto “Tênis de Quadra: Um Esporte Inteligente”, do professor de matemática Veronil Fernandes, com apoio do colega Alexandre da Silva (Educação Física).

São 30 alunos participantes do projeto, na faixa etária de 15 a 17 anos, todos do Ensino Médio. Além da teoria, são nove aulas práticas com 1h de duração.

“Nesse projeto, objetivamos aproximar os alunos das vivências do esporte, aprendendo noções básicas, regras do jogo, matérias e recursos necessários, além das aulas práticas em quadras de saibro”, destacou o professor Veronil.

Para a realização do projeto, a escola conta com a parceria com professores de tênis, clubes e empresários e a própria Federação Mato-grossense de Tênis (FMTT).

Em cada aula, há um convidado especial, sempre um tenista de renome. Na primeira aula, os alunos contaram com a presença do tenista Bruno Felipe Araújo França, 34 anos. Ele pratica o esporte há 23 anos e atualmente é vice-presidente Técnico da FMTT. Felipe participou de dezenas de torneios em sua carreira.

A terceira aula foi dedicada às mulheres, tendo a participação da renomada tenista Carla Passos Tibério que começou a jogar tênis aos 5 anos de idade e aos 12 anos participou de campeonatos estaduais e brasileiros.

“O tênis de quadra é um esporte dinâmico, envolvente e que promove uma série de habilidades físicas e mentais. Além disso, é um esporte que exige muita concentração e controle emocional”, disse o professore Veronil.

Conforme o diretor da unidade escolar, Cleiton Marino Santana, o projeto é uma disciplina eletiva que é uma matéria na qual um professor pode lecionar fora das atividades aplicadas na sala de aula.

“Como a Arena da Educação é uma escola vocacionada ao esporte, inserimos o tênis de quadra”.

No entendimento do gestor, o projeto visa mostrar a potencialidade que tem o tênis de quadra, as atividades que são feitas, pois os alunos estão participando com muito entusiasmo e motivação.

“Isso é muito bom, pois eles estão tendo acesso a um material de alta qualidade, desenvolvem a inteligência. O nível de motivação é o melhor possível”, concluiu o diretor.

Leia Também

Menu