Agronegócio

Transporte rodoviário é gargalo para o setor, diz Movimento Pró-Logística

Além da falta de armazéns para o produtor rural, o setor de soja no Brasil tem como gargalo o transporte rodoviário. A afirmação foi feita por Edeon Vaz Ferreira, diretor-executivo do Movimento Pró Logística de Mato Grosso, em um programa especial do Soja Brasil, transmitido ao vivo pelo YouTube do Canal Rural nesta quinta-feira, 5.

“O que nós temos que fazer é ampliar as nossas ferrovias e uso das hidrovias”, pediu ele, enquanto afirmava que as rodovias são um transporte caro, porém, ainda o mais eficiente. Contudo, o especialista apontou o uso de comboios de barcaças como opção “muito mais barata” para deslocar quase 20 mil toneladas de uma vez. (Canal Rural)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Leia Também

Menu