Policial

Treinamento em operações policiais aéreas busca mais agilidade e segurança nos atendimentos

Para garantir mais segurança e agilidade nos serviços, o Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) está ministrando o curso de Treinamento e Aperfeiçoamento de Técnicas de Segurança em Operações Aéreas de Segurança Pública, a todos militares que atuam no atendimento operacional em Mato Grosso.

A aulas práticas atendem às novas exigências da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e serão aplicadas nos próximos três dias (entre 04 e 06 de outubro), em uma área rural às margens da MT-110, próximo ao Condomínio Cuiabá Beach.

Estão sendo treinados cerca de 50 homens do Ciopaer, entre Bombeiros e policiais militares, além de Investigadores, das unidades de Cuiabá e Sorriso, que atuam diretamente no atendimento de ocorrências nas regiões norte e sul do estado.

O chefe da seção de capacitação, tenente-coronel BM Pedro Paulo, destacou que, de modo geral, o treinamento vai melhorar a qualidade dos serviços prestados. “Este treinamento vai permitir que consigamos prestar serviços com maior agilidade e segurança, oferecendo melhores condições de atendimento às vítimas”, explicou.


O curso começou, na semana passada, com a aplicação de aulas teóricas, quando foram apresentadas aos operadores do Ciopaer as novas resoluções do Regulamento Brasileiro de Aviação Civil (RBAC). Anualmente são atualizadas as técnicas de segurança para o aprimoramento dos serviços de busca, resgate e salvamento.

Conforme a programação do curso, está previsto para esta terça-feira (04.10) o treinamento da tropa em situações de embarque e desembarque, pouso e salvamento aquático em locais de difícil acesso.

No dia seguinte, serão apresentadas as técnicas de resgate e salvamento em altura por meio de rapel, aplicando o método MC Guire para ambientes restritos, a exemplo dos atendimentos realizados no Portão do Inferno.

Na quinta-feira (06.10), o treinamento será voltado ao manuseio do Bambi Bucket, um tipo de cesto, que em sua maior versão suporta quase 10 mil litros de água e é utilizado em ações de combate a incêndio florestais.

Leia Também