Cidades

VG firma termo de cooperação com a Desenvolve MT para oferta de crédito ao pequeno empreendedor

 

O prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, firmou termo de cooperação com o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, nesta quarta-feira (22). A parceria celebrada por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Turismo e da Desenvolve MT visa a oferta de linhas de crédito voltadas ao fomento do empreendedorismo na cidade. As operações podem oferecer o limite de até R$ 15 mil, com juros 0,37% ao mês, por 3 anos de prazo, e 6 meses de carência para qualquer atividade econômica.

“O termo de cooperação com o governo do Estado de Mato Grosso é muito importante para atender demandas do pequeno empreendedor. Estamos avaliando R$ 1 mi de reais de aporte para pequenos empreendedores como forma de incentivo. É uma política nova, que beneficia até o cidadão negativado dando a ele a oportunidade de empreender”, sublinhou o prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat.

De acordo com César Miranda, a Agência Desenvolve MT possui programas como Mulher Empreendedora, Jovem Empreendedor, além de linhas de créditos para bares e restaurantes. “Essa parceria possui capilaridade expressiva dentro do Município e, consequentemente, vai poder levar informações e apoiar esse empreendedor com toda a parte técnica para que ele tenha acesso às linhas de crédito. Estamos apoiando os mais necessitados que desejam empreender em sua atividade econômica”, frisou.

O Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Turismo, Charles Caetano, disse que, com a assinatura do termo de cooperação, será disponibilizada quantia significativa de recursos para que o pequeno empreendedor de Várzea Grande tenha linha de crédito para se estabelecer e montar seu negócio próprio ou reformar a estrutura existente.

“Estamos conversando com setores de Várzea Grande. Já reuni com presidentes de bairros, setor gastronômico e hoteleiro, tendo conhecimento deste aporte que vai chegar em Várzea Grande, para que possam estar aptos e se credenciar junto a Secretaria, situada no Shopping Várzea Grande, com equipe treinada para atender pequeno empreendedor com orientações, cadastro, conhecimento da linha de crédito a ser utilizada, gerando emprego e distribuindo renda na cidade”, observou Charles.

O montante do programa é em torno de R$ 200 milhões para todo Mato Grosso. Para Várzea Grande dependerá da demanda do empreendedor que está buscando a inserção e credenciamento junto à Secretaria, para ofertar recurso a ele. Já estamos mobilizando segmentos da cidade para conhecer e aderir ao programa de independência financeira”, explicou Charles.

O secretário enfatizou ainda que os segmentos organizados já estão procurando a Secretaria. Qualquer cidadão ou empreendedor do município que tem interesse de se estabelecer e abrir negócio próprio, pode se dirigir a Secretaria, nos horários de 10h da manhã até as 18h, no 2º piso do Shopping, e terá acesso a equipe técnica preparada para dar as orientações necessárias da adesão ao financiamento.

“A cidade faz as definições do que é prioridade para Município e define as linhas de crédito que busca. Temos portfólio com linha de créditos de investimentos para área de turismo, programa voltado para mulher e jovem empreendedor com juros subsidiados e prazos, qualquer segmento produtivo com faturamento de até R$ 4 milhões a R$ 8 milhões, ele tem linha de acesso. Temos todas essas linhas, além de estudo que será colocado à disposição a partir de energia renovável, com investimentos de aproximadamente R$ 50 milhões”, disse César Miranda.

A agência está capitalizada com mais de R$ 200 milhões para fazer enfrentamento pós crise da covid-19. “Várzea Grande é reconhecida a parte cultural voltada ao turismo e artesanato fortíssimo, então vamos fomentar cadeias e estruturar novas. Nossa missão é atender o pequeno, trabalhamos com a MEI, recebemos R$ 30 milhões do Ministério do Turismo, a agência possui recursos próprios com fomento especial de investimentos de novos negócios e ampliação de negócios já existentes”, enfatizou César.

O senador da República, Wellington Fagundes, reiterou que a iniciativa entre a Prefeitura de Várzea Grande e o Governo do Estado de Mato Grosso é plausível, pois a cidade está em plena expansão. “Quando levamos recursos ao pequeno empreendedor é extremamente importante, porque estamos buscando fomentar o talento das pessoas. Essa iniciativa vai gerar mais empregos na pequena e microempresa. Pós-pandemia, quanto mais levar recurso na ponta para aquele que está começando junto com a família.

Para ter acesso às linhas de crédito, o interessado deve acessar site Desenvolve MT e verificar as informações pertinentes ao programa que tem linhas de crédito para diversos segmentos econômicos. Em caso de restrições ao crédito (pessoa negativada), se quita a restrição e automaticamente fica habilitado ao crédito, sendo que do total 30% são destinados ao capital de giro e 70% aos investimentos. Débitos em aberto não impedem o acesso às linhas de crédito.

A Desenvolve MT tem cinco modalidades de linhas de crédito disponíveis para o empreendedor que busca investir em seus negócios, e podem ser utilizadas para compra de insumos, máquinas e equipamentos, obras de construção, reformas para modernização e ampliação de empreendimentos, entre outros. Além da linha de crédito direcionada para o fomento do trade turístico, um dos setores atendidos fortemente pela agência durante a pandemia.

Leia Também