“Votaram nele porque não gostaram do meu jeito”, avalia Abílio

Candidato derrotado afirma que Emanuel Pinheiro não tem apoio da maioria da população cuiabana

Da Redação

O vereador Abílio Júnior (Podemos), derrotado no segundo turno por Emanuel Pinheiro (MDB),  participou nesta terça-feira (1° de dezembro) da primeira sessão na Câmara Municipal após campanha eleitoral. Com um tom mais ameno, o vereador agradeceu os  129.777  votos, mas se mostrou decepcionado por conta de boa parte da população ter ignorado os escândalos de corrupção ocorridos durante a gestão emedebista. A declaração foi dada quando o parlamentar fazia uso do pequeno expediente.

Emanuel Pinheiro foi reeleito com 51,15% (135.871 votos)  sem o apoio de lideranças políticas expressivas e detentoras de mandatos. Já Abílio, tinha como cabos eleitorais o governador Mauro Mendes (DEM), sua esposa Virginia Mendes, além de boa parte dos candidatos derrotados no primeiro turno da disputa.

“Infelizmente, existem pessoas que votaram e que ignoraram os escândalos de corrupção. Infelizmente, existem pessoas que acharam que os posicionamentos do Abílio são mais importantes que a corrupção. A corrupção pode até ser tolerada por algumas pessoas, mas o posicionamento duro do Abílio, não. 30% pode ter apoiado o prefeito, mas 21% votou nele porque não gostava do Abílio e não porque o prefeito tinha todo este crédito. Então, não vá sonhando ou acreditando que 51% da população está apoiando o paletó”.

Abílio também elogiou a alta renovação na Câmara e parabenizou os novos vereadores. “Lutamos o bom combate. Lutamos da forma correta, lutamos pela batalha certa. Escolhemos um lado, fizemos uma manifestação, pedimos o apoio da população, a população nos deu apoio, o primeiro turno nós fizemos, a maior mudança da história da Câmara Municipal, no segundo turno, nós só ganhamos a eleição porque não utilizamos os mesmos métodos, as mesmas experiências, que meu adversário diz ter. A gente sabe que política é um resultado de um trabalho, do qual nem sempre se ganha, aquilo que se deseja, mas nós conseguimos, nós vencemos. Hoje, na Câmara Municipal foi reeleito, o vereador Diego Guimarães, foi reeleito vereador Lilo, foi reeleito o vereador Wilson Kero Kero, foi reeleito o vereador Dilemário Alencar e o Sargento Joelson. Elegemos também o Paccola, o Rodrigo, o Kassio Coelho, o Pastor Jefferson, o Dr. Luiz, a Michely Alencar e novos vereadores”, parabenizou.

Com a derrota, Abílio Junior fica na Câmara até o dia 31 de dezembro, assim como o seu candidato a vice, Felipe Wellaton (Cidadania) e os vereadores derrotados na tentativa a reeleição.