Política

Wilson Santos agradece a confiança dos mato-grossenses em sua reeleição

O deputado estadual Wilson Santos agradeceu a confiança dos mato-grossenses que lhe deram 23.446 votos no último domingo (2). A expressiva votação garantiu ao parlamentar mais uma mandato na Assembleia Legislativa.

Será o 10º mandato eletivo. Wilson já foi vereador por Cuiabá, deputado federal por duas vezes, prefeito da capital (dois mandatos) e está em seu quarto mandato na Assembleia Legislativa.

O parlamentar credita o resultado das urnas à sua expressiva produção parlamentar, a atuação firme na defesa do meio ambiente, da inclusão social, da educação pública de qualidade, infraestrutura e na área da saúde ajudaram em sua reeleição. Em especial à população mato-grossense, sua equipe, amigos e familiares.

“Nos últimos 7,5 anos fui considerado o mais produtivo deputado estadual da Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Apresentei 3.328 proposições ao parlamento, entre projetos de lei (915), indicações ao governo (733), requerimentos (350), resoluções (147) e outras ações. Sou autor de 86 leis em vigor voltadas à saúde, educação, inclusão social, segurança, infraestrutura, esportes, cultura, lazer, meio ambiente e agricultura familiar. Agradeço a cada um e cada uma que acreditaram no nosso trabalho e sempre caminharam conosco. Muito obrigado”, disse.

Gestão como prefeito de Cuiabá

“Tenho orgulho de dizer que ajudei a construir 18 bairros na capital dando dignidade para milhares de famílias. Construí a Avenida das Torres e várias policlínicas. Entreguei 14 mil contratos de Concessão de Direito Real de Uso (CDRU). Construí a ETA Tijucal acabando com a falta d´água em Cuiabá; criei o Cuiabá Vest que aprovou mais de 5 mil jovens pobres em universidades públicas e privadas e implantei o Bolsa Universitária”, completou.

Wilson ganhou importantes prêmios por sua gestão.

“Fui premiado pelo Ministério das Minas e Energia com o primeiro lugar no ‘Programa de Iluminação Pública da Eletrobrás’, em 2008. Também agraciado com o prêmio ‘Mama África’, por conta da melhor política pública pela igualdade racial no Brasil, em 2009, e escolhido ‘Prefeito Empreendedor”, pelo Sebrae. Além de ter sido, orgulhosamente, escolhido “Prefeito Amigo da Criança’, em 2008. Só tenho a agradecer a todos; Nosso trabalho focado nos mais humildes, por justiça social e geração de trabalho e renda vai continuar”, completou o deputado.


Novo mandato

Neste novo mandato, Wilson promete ampliar sua atuação em defesa do meio ambiente, em especial contra a construção de hidrelétricas e barragens nos rios da Bacia do Alto Paraguai, como fez com a lei 11.865 que pôs um ponto final nesta atividade sobre o rio Cuiabá.

“Empresários de outros estados queriam construir seis hidrelétricas no principal rio do nosso estado, um absurdo. O Rio Cuiabá faz parte da nossa cultura. Por ele chegaram os desbravadores que construíram nossa capital e é dele que os ribeirinhos retiram o próprio sustento e alimentam suas famílias. É nele que centenas de mato-grossenses passam horas de lazer com a pesca amadora. Agora, o Cuiabá está livre e limpo”, explicou.

Wilson também defendeu a recomposição salarial dos servidores públicos e o pagamento integral da RGA.

“Já disse ao governador Mauro Mendes que no próximo mandato farei defesa da recomposição salarial dos servidores e do pagamento anual integral da RGA. Todas as categorias já deram suas cotas de sacrifício pelo equilíbrio fiscal do estado que hoje tem dinheiro em caixa para pagar todos estes benefícios. Vamos garantir aos servidores todos os seus direitos”, explicou.

O candidato também se comprometeu em continuar na defesa da educação e da inclusão social.

“Sou professor e não poderia deixar esta bandeira fora do nosso mandato. Como prefeito, fiz o Cuiabá Vest na capital que beneficiou milhares de jovens na preparação ao ensino superior; reformei escolas, distribuí computadores aos professores e creches e fui eleito prefeito amigo da criança. Como deputado, trouxe a Unemat para Cuiabá e garanti junto ao Governo que professores indígenas continuassem o trabalho de alfabetização de seus ‘parentes’, como dizem, nas aldeias de todo o estado. Vamos continuar nesta luta, podem acreditar”.

Leia Também

Comentários